MENU

PM retira parte de cabines policiais da região da Avenida Paulista

PM retira parte de cabines policiais da região da Avenida Paulista

Atualizado: Terça-feira, 22 Novembro de 2011 as 1:06

A Polícia Militar retirou nas últimas duas semanas 10 das 33 cabines policiais da Avenida Paulista, no Centro de São Paulo. Segundo a PM, a remoção dos supedâneos, nome técnico desses postos móveis, foi baseada em estudos de criminalidade e na evolução das técnicas de policiamento na região.

Os 33 supedâneos foram instalados em 2000 em um convênio da PM com a Associação Paulista Viva, responsável pela aquisição das cabines. O objetivo era reduzir os índices criminais da região.

"Eles foram muito importantes naquela época", afirmou o Coronel Pedro Borges de Oliveira Filho, comandante da região central da capital paulista. "O policial fica em situação elevada, da onde ele consegue ver mais longe e é identificado com mais facilidade. Mas a gente evoluiu bastante em tecnologia, comunicação e procedimentos", disse o coronel.

De acordo com Oliveira Filho, 200 policiais trabalham na região da Paulista diariamente. "O policiamento ostensivo a pé é muito mais eficiente e vai até a meia-noite. Isso dá uma sensação de segurança muito maior", completou o coronel.

Os 10 supedâneos removidos ficavam nas áreas menos perigosas da Paulista. Segundo Oliveira Filho, por enquanto não há intenção de retirar as outras 23 cabines.

Os supedâneos eram colocados todos os dias às 6h e retirados às 22h por funcionários da Associação Paulista Viva, que se manifestou a favor da retirada dos supedâneos.      

veja também