MENU

PM suspeito de ataques na Baixada é detido em presídio militar

PM suspeito de ataques na Baixada é detido em presídio militar

Atualizado: Quinta-feira, 21 Abril de 2011 as 11:48

ndré Aparecido dos Santos, 34, policial militar da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas) com 14 anos de corporação, foi transferido para o Presídio Militar Romão Gomes na madrugada desta quinta-feira. Ele é suspeito de cometer ataques na Baixada Santista no dia 10 de abril.De acordo com o porta-voz da Corregedoria da PM, major Levi Félix, Santos prestou queixa do roubo de suas armas pessoais dias após os crimes. Ele ainda foi visto por colegas da corporação limpando seu veículo --um corsa preto, como as vítimas relatam ter visto nos ataques.

As suspeitas da PM aumentaram quando cartazes foram espalhados por Santos. Os avisos diziam que o responsável pelas mortes era o PM Santos.

O policial estava detido desde 17 de abril na Corregedoria, com prisão comportamental. Agora, a Justiça decretou prisão temporária.

Segundo a PM, Santos estava de férias no momento do crime, por isso não será aberto Inquérito Policial Militar.

O carro do policial foi apreendido pela Polícia Militar e encaminhado para perícia. As munições que atingiram as vítimas serão submetidas a perícia, que vai indicar se saíram da mesma arma e se ela pertence a Santos.

Ainda de acordo com informações do porta-voz, Santos nega ter cometido os crimes. A reportagem não conseguiu localizar a defesa do policial.

O CRIME Os ataques na Baixada Santista aconteceram na madrugada de um domingo (10), nas cidades de Santos e São Vicente. Todos foram similares: um homem, em um carro preto, aproximava-se das vítimas e efetuava os disparos. Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas.   Folha

veja também