Poeira incomoda população nos municípios da RMC

Poeira incomoda população nos municípios da RMC

Atualizado: Sexta-feira, 27 Agosto de 2010 as 8:44

Com o tempo extremamente seco, a população que reside em áreas onde não há pavimentação sofre com a poeira. Nos dias mais quentes a situação piora, deixando casas e carros sujos o dia todo, além de afetar a saúde principalmente de crianças e idosos. O problema se agrava em municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde bairros inteiros contam apenas com ruas de saibro.

O mecânico Pedro Mauro de Carvalho conta que é impossível manter a poeira longe da oficina, que ele mantém na Rua São Manoel, no bairro Alto Pinheiro, em Almirante Tamandaré. Segundo o mecânico, o problema tem afugentado clientes. “Para o pessoal não ter que pegar o carro sujo depois do conserto, nós temos que providenciar uma limpeza”, afirma.

A cabeleireira Glaci Sprada afirma que precisa manter a porta do salão fechada para poder atender aos clientes. “Quando está muito seco, as clientes preferem deixar de fazer a unha porque a poeira pode prejudicar o trabalho”, conta. Glaci afirma que a poeira também invade a casa onde ela mora. Além de exigir uma rigorosa faxina diária, a poeira não permite sequer estender a roupa para secar no varal.

Segundo a cabeleireira, o pó também tem prejudicado a saúde dos filhos, que passam o dia tossindo. Ela ressalta que o problema poderia ser resolvido caso fosse implementando um asfalto nas ruas da região. “Já reclamamos na prefeitura, pedindo um asfalto aqui. Mas parece que o bairro está abandonado”, diz. A prefeitura de Almirante Tamandaré não comentou o assunto.

Chuva no domingo

De acordo com o Instituto Tecnológico Simepar, a umidade do ar chegou a 14,2% na estação meteorológica de Cambará. Em Assis Chateaubriant, o nível de umidade do ar chegou a 15,8%. Em Curitiba, o mesmo índice alcançou a marca de 22,6%.

Segundo o Simepar, o calor e a baixa umidade do ar devem permanecer neste final de semana, por conta de uma massa de ar seco e quente. Com isso, a condição atmosférica segue favorável á ocorrência de incêndios florestais. No domingo, aumenta a nebulosidade, mas chuva mesmo só na região oeste. A chuva só deverá chegar na capital na segunda-feira. Hoje, a temperatura deve variar entre 13ºC e 29ºC em Curitiba. A máxima deve superar a marca dos 34ºC em Londrina, Maringá e Cascavel.

Água

Mesmo com a estiagem das últimas semanas, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informou que não há previsão de qualquer ação visando o rodízio ou o racionamento do abastecimento de água no Estado. Segundo a companhia, apenas alguns municípios do Norte Pioneiro estão em estado de alerta.

O diretor de Operações da Sanepar, Wilson Barion, explica que, devido ao pequeno porte das bacias hidrográficas do Norte Pioneiro, uma estiagem um pouco mais longa já causa um impacto significativo nas reservas de água da região. O diretor revela que, devido á previsão da normalização dos níveis pluviométricos para setembro, não há maiores preocupações quanto ao abastecimento das demais regiões. “Mesmo assim, é importante frisar que tanto pessoas quanto empresas precisam usar a água com racionalidade e evitar o desperdício”, afirma.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também