MENU

Polícia ainda investiga ataque sexual no Metrô de SP

Polícia ainda investiga ataque sexual no Metrô de SP

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 4:14

 O delegado Valdir Rosa, titular da Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom), disse nesta terça-feira (23) que ainda investiga a autoria de um ataque sexual ocorrido na Estação Sacomã do Metrô de São Paulo. Um homem detido na semana passada chegou a confessar o crime e foi reconhecido pela vítima. Mesmo assim, o delegado afirma não estar totalmente convencido sobre a autoria. “Eu continuo procurando o autor. Não me convenceu 100% que ele é o autor do crime”, afirmou.     O caso aconteceu no dia 19 de julho em um ponto de pouco movimento na Estação Sacomã. Imagens das câmeras de segurança mostraram quando a mulher de 34 anos se aproxima e pede informações para um homem. Ele indica uma escada e vai atrás dela. Logo depois, ela desce correndo, assustada. O homem foi detido nesta quinta-feira (18), em frente à estação, após a Polícia Militar receber denúncias de que ele era o suspeito que aparece nas imagens.

A polícia diz que a vítima reconheceu o detido na delegacia. Ele acabou indiciado por ato obsceno e tentativa de estupro e liberado, porque não houve flagrante. Apesar disso, o delegado Valdir Rosa afirma que o caso não está encerrado. “Pedido de prisão só farei se tiver certeza absoluta. Eu tenho uma leve tendência de achar que não é ele. Ainda estou investigando."

Suspeito detido na semana passada e homem que

aparece em imagens (Foto: Reprodução/TV Globo)

  Rosa afirma, por exemplo, que há diferenças físicas entre o homem que aparece nas imagens e o detido. O delegado chamou a família do indiciado, que negou que ele seja o homem flagrado pelas câmeras da estação. “Ele é morador de rua, usuário de crack há quatro anos. A família diz que ele foi visto pela última vez no Morumbi”, conta Rosa.

O delegado quer ouvir novamente a vítima. “Eu a intimei, vou conversar com ela, eu preciso esclarecer isso bem definitivo."                

veja também