MENU

Polícia apreende 200 mil latas de energético com validade adulterada

Polícia apreende 200 mil latas de energético com validade adulterada

Atualizado: Terça-feira, 7 Dezembro de 2010 as 8:20

Mais de 200 mil latas de bebida energética que teriam sido importadas dos Estados Unidos foram apreendidas nesta segunda-feira (6) em uma distribuidora de bebidas em Mairinque, a 71 km de São Paulo. A data de validade do produto estava sendo modificada antes que ele chegasse ao consumidor. Uma parte da mercadoria venceu em outubro, outra venceria no dia vinte deste mês.

A alteração era feita de maneira artesanal. Cerca de 40 funcionários se revezavam. Primeiro eles apagavam os dados no fundo da lata com uma esponja de aço. Depois as informações eram reimpressas em um equipamento especial. De acordo com a nova data, o produto poderia ser consumido até agosto de 2011. Segundo a polícia, a carga está avaliada em R$ 3 milhões.

A sede da distribuidora fica num barracão onde funcionava um supermercado. O prédio não tem alvará da prefeitura, e foi interditado pela vigilância sanitária de Mairinque. No local também foram apreendidos potes de geléia, doces, xaropes de guaraná e groselha, todos vencidos. Também eram estocados garrafões de vinho, que terão a origem investigada pela polícia, além de rótulos e embalagens vazias de cachaça.

A polícia abriu inquérito para investigar crime contra a relação de consumo e contra a saúde pública. O advogado da fabricante dos energéticos, Ricardo Cerqueira Leite, informou que a empresa vendeu o produto à importadora no Brasil dentro da validade, e que autorizou a alteração dos dados, pois o produto poderia ser consumido até a nova data sem prejuízo ao consumidor. As advogadas da distribuidora em Mairinque não quiseram gravar entrevista.    

veja também