MENU

Polícia chega a casa onde estaria corpo da ex de Bruno em MG

Polícia chega a casa onde estaria corpo da ex de Bruno em MG

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 2:42

Policiais civis de Minas Gerais chegaram a uma casa no bairro Santa Clara, subúrbio Vespasiano (MG) no início da tarde desta quarta-feira (7). De acordo com a Rede Record, denúcnias indicam que a residência pertence a um traficante e o corpo de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes, estaria no local.

A Justiça decretou a prisão temporária de Bruno no início da manhã, mas ele não havia sido localizado até as 13h. Um policial civil da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro informou, às 12h, que a corporação já recebeu ao menos dez denúncias anônimas sobre o paradeiro do goleiro.

Ao menos 15 equipes da Polícia Civil fazem buscas em cerca de seis endereços no Rio. A polícia de Minas Gerais disse que considera Bruno foragido, assim como o amigo dele, Macarrão, que também estaria envolvido no caso.

Vizinhos do goleiro disseram à Rede Record que o jogador deixou a casa dele, em um condomínio no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste, por volta das 2h. Equipes da Polícia Civil ficaram entre 5h e 8h15 na porta da casa de Bruno até que saíram para fazer buscas pela cidade. O advogado dele informou que irá entrar com habeas corpus contra a prisão do jogador. Além de Bruno, outras seis pessoas suspeitas tiveram a prisão decretada nesta quarta-feira: a ex-mulher dele, Dayanne; o amigo Luiz Henrique Romão, conhecido como Macarrão; Elenilson Vitor Silva; Wemerson Marques de Souza, o Coxinha ; Flávio Caetano de Araújo, que é motorista de Bruno; e Sérgio Rosa Sales Camelo.  

O adolescente de 17 anos, primo de Bruno que confessou ter presenciado a morte de Eliza Samudio, viajou do Rio para Contagem na madrugada e chegou por volta das 2h à delegacia. Após depor durante sete horas na capital fluminense, ele agora presta esclarecimentos aos investigadores mineiros. 

veja também