MENU

Polícia Civil investiga acidente com brinquedo do Playcenter que feriu oito

Polícia Civil investiga acidente com brinquedo do Playcenter que feriu oito

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 1:22

 A Polícia Civil de São Paulo instaurou inquérito criminal para apurar eventuais responsabilidades no acidente com o Double Shock, do Playcenter, na Zona Norte da capital paulista, que deixou oito feridos neste domingo (3). Muitas sofreram traumatismos pelo corpo. Três delas continuam internadas nesta segunda-feira (4) devido à gravidade dos ferimentos. O Playcenter afirmou, em nota, que está colaborando com as investigações.

As vítimas caíram do brinquedo de uma altura de 5 metros, segundo o boletim de ocorrência registrado no 23º Distrito Policial, em Perdizes, para apurar crime de lesão corporal culposa. Será investigado se o acidente foi decorrente de falha mecânica ou humana - três operários dos aparelhos estão sendo averiguados. De acordo com o relato de testemunhas, uma das travas de segurança do aparelho abriu sozinha. O parque de diversões não possuía rede de segurança ou qualquer apoio para aparar a queda.

Engenheiros peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico Científica foram na manhã desta segunda ao Playcenter para analisar o Double Shock. O brinquedo está interditado por tempo indeterminado, desde o acidente, até que seja concluído o laudo com o resultado da perícia. Também acompanham os trabalhos técnicos do parque e do brinquedo, que é de origem italiana e foi adquirido há 15 anos sem nunca ter tido histórico de acidentes, segundo a assessoria do Playcenter.

Esse é o segundo acidente com um brinquedo do parque em menos de um ano. Em setembro, 16 pessoas ficaram feridas após dois carrinhos onde estavam, no Looping Star, colidirem. Análises iniciais da perícia indicaram falha nos freios. O laudo, no entanto, não foi concluído. Por esse motivo, o aparelho continua interditado. Nesse caso, também foi instaurado inquérito para apurar eventuais responsabilidades pelo acidente.

Em relação ao Double Shock, a polícia está ouvindo na manhã desta segunda três funcionários do parque que operavam o aparelho. O depoimento deles está sendo acompanhado por advogados do Playcenter. O delegado titular do 23, Marco Aurélio Batista, e um escrivão também deverão ouvir mais pessoas nos próximos dias, entre testemunhas e vítimas. A brincadeira dura cerca de três minutos.

O Double Shock tem duas gôndolas, cada uma com 16 pessoas, divididas igualmente em duas fileiras (inferior e superior) com travas. As gôndolas dão voltas verticais de 360 em sentido horário e antihorário. O usuário pode ficar a 12 metros de altura.

O acidente ocorreu por volta das 17h30. Chovia fraco. O Playcenter informou que acampanha as investigações da polícia e que está dando todo o suporte médico para os feridos. Segundo o parque, o brinquedo passa por manutenção diária. O Double Shock passou por reforma em maio de 2010.

No site do parque na internet, a apresentação do brinquedo traz a informação: “não se esqueça de segurar forte”.

Veja nota divulgada pelo Playcenter no fim da manhã desta segunda-feira:

O perito criminal José Manuel Dias Alves, responsável pelos trabalhos de apuração das causas do acidente ocorrido no brinquedo Double Shock, no Playcenter, no dia 3 de abril, esteve no parque por volta das 11 horas, da manhã de hoje, para dar início aos trabalhos de apuração dos fatos ocorridos no parque. O resultado oficial deve sair em 30 dias.

O Playcenter informa que está contribuindo com as investigações e que não medirá esforços para esclarecer o episódio. Também na manhã de hoje, por volta das 9 horas, os três operadores que estavam no comando do brinquedo, no momento do acidente, prestaram depoimento no 23º Distrito Policial.

Com relação às vítimas, o parque informa que, dos oito envolvidos, cinco já tiveram alta e passam bem. Uma vítima foi transferida na manhã de hoje da Santa Casa para o Hospital Metropolitano, permanecendo, assim, três visitantes hospitalizados até o momento neste hospital. O Playcenter esclarece que está prestando e prestará toda assistência aos feridos e aos familiares.

O parque reforça que este equipamento e os demais contam com manutenção diária e operam dentro das normas nacionais e internacionais.      

veja também