MENU

Polícia começa a ouvir testemunhas sobre morte de fotógrafo

Polícia começa a ouvir testemunhas sobre morte de fotógrafo

Atualizado: Segunda-feira, 21 Junho de 2010 as 1:20

A Divisão de Homicídios, que investiga o assassinato do fotógrafo Márcio Alexandre de Souza, da TV Globo, começou a ouvir nesta segunda-feira (21) testemunhas e familiares da vítima.  

Uma das hipóteses é que o ataque tenha partido de traficantes do Morro do Tuiuti, em São Cristóvão, na Zona Norte, mas a polícia ainda não sabe o que teria motivado o crime.

O corpo do fotógrafo será enterrado às 13h desta segunda-feira no Cemitério da Ordem Terceira do Carmo, no Caju, na Zona Portuária do Rio.

Tiros de fuzil e pistola

Márcio Alexandre foi assassinado com vários tiros na tarde de domingo (20), nas proximidades do Morro do Tuiuti.

Segundo a polícia, o fotógrafo, que trabalhava na Itália em gravações da novela "Passione", da TV Globo, teria acabado de sair do estádio do Vasco da Gama.

Márcio teria sido atingido por pelo menos sete tiros de fuzil e pistola quando passava pela Rua General Padilha com Almério de Souza, acesso ao Morro do Tuiuti.

Ainda segundo a perícia, os tiros teriam sido disparados de longa distância, supostamente por alguém de dentro de um carro, mas também de perto. Os autores do crime teriam levado apenas o celular da vítima.

veja também