MENU

Polícia de SP vai investigar origem de produtos falsificados na 25 de Março

Polícia de SP vai investigar origem de produtos falsificados na 25 de Março

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 1:48

Os responsáveis pelos depósitos onde foram encontrados produtos falsificados no Shopping São Paulo Center, na Rua 25 de Março, Centro de São Paulo, nesta quarta-feira (10), irão responder criminalmente por violação de marca e violação das relações de consumo, crimes cuja pena varia entre dois e cinco anos de prisão. Segundo o delegado Antônio Lambert, da Delegacia Antipirataria do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic), um inquérito será aberto para cada depósito que abrigava mercadorias falsificadas.

Cerca de 30 das 80 salas localizados em dois andares do prédio guardavam produtos irregulares. Cada uma tinha aproximadamente seis metros quadrados. Cerca de 40 policiais participam desde o início desta manhã de uma operação contra produtos falsificados no local. Entre as mercadorias encontradas estão camisetas, tênis, óculos e bolsas de marcas famosas.

De acordo com o delegado, as investigações começaram no meio do ano. “Nós percebemos que a polícia fazia operações e apreendia produtos na região, mas no dia seguinte as lojas estavam cheias de novo. Percebemos que o depósito deveria estar aqui”, disse ele. “Fizemos um levantamento e descobrimos que esse shopping é muito pequeno pela quantidade de depósito que tem acima dele. O pessoal começou a levantar e descobriu que esses depósitos abasteciam outros shoppings da região.”

A polícia pediu então mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos nesta manhã. Alguns dos depósitos estavam vazios, enquanto outros guardavam produtos legalizados. No início desta tarde, o delegado aguardava a chegada de um caminhão no local para a remoção dos produtos. Um balanço com o total de mercadorias apreendidas só deve ser divulgado nesta tarde.

veja também