MENU

Polícia descarta envenenamento em morte de emas no Zoo Safári de SP

Polícia descarta envenenamento em morte de emas no Zoo Safári de SP

Atualizado: Terça-feira, 28 Setembro de 2010 as 3:04

A Polícia Civil descarta a intervenção humana na morte de 11 emas do Zoo Safári, na Zona Sul de São Paulo, ocorrida na madrugada do dia 18. A investigação comprovou que cães vira-latas mataram as aves.

Segundo o delegado que investiga o caso, outros animais que dividiam o recinto onde viviam as emas sobreviveram, o que faz com que a hipótese de envenenamento caia por terra. “Pavões subiram em seus poleiros e não foram afetadas. Se tivesse veneno, esses animais também sofreriam”, disse nesta terça-feira (28) Sebastião Celso dos Santos, da 2ª Delegacia de Crimes Contra o Meio Ambiente.

Os cachorros entraram no zoo por baixo de um portão e se arrastaram para invadir o recinto onde estavam as emas, acrescentou o policial. A Fundação Parque Zoológico, responsável pelo Zoo Safári, reforçou a segurança no local após as mortes.

Ataque

O ataque foi percebido quando funcionários que faziam a ronda noturna na área viram as emas já feridas no recinto onde elas ficavam. Estes mesmos funcionários viram no local três cachorros. Um dos animais chegou a partir para cima de um dos homens, que conseguiu escapar.

Apenas uma das 12 emas que viviam na área sobreviveu ao ataque. Nove morreram e duas foram sacrificadas devido à gravidade de seus ferimentos. As aves passaram por necropsia na própria fundação, que confirmou que a morte foi causada por ferimentos gerados por mordidas de cães. Dos três cachorros, um foi capturado e outros dois são procurados.

Postado por: Guilherme Pilão

veja também