Polícia divulga foto de suspeitos de matar árbitro a tiros em MS

Polícia divulga foto de suspeitos de matar árbitro a tiros em MS

Atualizado: Terça-feira, 27 Setembro de 2011 as 1:38

Foto mostra supostos assassinos de árbitro fugindo do local do crime (Foto: Reprodução/TV Morena)

  A Polícia Civil divulgou foto de dois suspeitos de envolvimento no assassinato de um árbitro de futebol em um distrito de Nova Andradina , cidade a 297 quilômetros de Campo Grande. A imagem mostra dois motociclistas fugindo do campo onde era realizada a partida, e foi feita por uma testemunha logo após o crime, que ocorreu na tarde de domingo (25) no distrito de Nova Casa Verde.

O delegado responsável pelas investigações, André Luiz Novelli, disse que é com base nas fotos e no depoimento de testemunhas que pretende encontrar os criminosos. "Estamos buscando a motivação do crime. Isso nos ajuda a identificar a autoria e solucioná-lo. Estamos abertos para receber qualquer informação, ainda que seja anônima", afirma o delegado. Ainda de acordo com Novelli, o árbitro de futebol, de 39 anos, era ex-policial militar.

O árbitro levou oito tiros e morreu na hora. Um auxiliar de serviços gerais também foi baleado quando tentou impedir a fuga dos criminosos e morreu a caminho do hospital. Um outro jovem, que também teria ido atrás dos bandidos, levou um tiro na perna mas já recebeu alta do hospital.

Os corpos do árbitro e do auxiliar de serviços gerais foram sepultados na manhã desta terça-feira (27) em Nova Andradina. Segundo o comando do batalhão da Polícia Militar do distrito, quatro policiais estavam no campo para fazer a segurança do jogo. Entretanto, tiveram de sair do local por causa de outra ocorrência que teria sido denunciada.

Árbitro levou oito tiros enquanto apitava final de

partida (Foto: Reprodução/TV Morena)

  O coronel Flávio Katumi Nishikawa enfatiza que foi justamente nesse momento que o crime ocorreu. "As ligações para a central 190 do distrito com certeza foram com o objetivo de retirar os policiais da área de futebol, para eles [criminosos] virem aqui e fazer a execução."

Insegurança

Cerca de 12 mil pessoas vivem no distrito de Nova Casa Verde, que fica a 60 quilômetros da sede do município. Entre alguns moradores, a sensação é de insegurança. Uma pessoa, que não quis se identificar, afirma que a morte de duas pessoas durante a partida de futebol revela o problema da violência no local.

"Já é o oitavo assassinato que nós estamos tendo. Sofremos uma violência de tal maneira, que não dá mais para fazer um momento de lazer com os nossos filhos, nossos familiares", relata.          

veja também