MENU

Polícia do DF encontra arma que pode ferido menino de 11 anos

Polícia do DF encontra arma que pode ferido menino de 11 anos

Atualizado: Segunda-feira, 19 Setembro de 2011 as 11:49

A polícia encontrou uma arma que pode ter sido usada em tiroteio que feriu menino de 11 anos em Ceilândia, a 26 quilômetros de Brasília, no último sábado (17). Durante a troca de tiros, o garoto foi atingido oito vezes e está em estado gravíssimo no Hospital de Base. A arma, uma pistola calibre 40, de uso restrito das Forças Armadas e da polícia, foi achada por policiais na noite de sábado. Ela estava escondida na casa ao lado de onde ocorreu o tiroteio, com marcas de sangue.

A arma foi encaminhada à perícia. Só depois do resultado da análise vai ser possível determinar de onde saíram as balas que atingiram o menino.

A moradora da casa onde a pistola foi encontrada preferiu não ser identificada, mas disse que está assustada. Ela conta que um dos envolvidos no tiroteio fugiu pelo terreno dela.

“Ele passou pelos fundos, entrou pelo quintal, se trancou lá dentro e fez o que ele quis. Sujou todas as minhas coisas, está tudo sujo de sangue. Ele não conseguiu sair pela porta da frente e saiu pelos fundos de novo. Por questão de minutos meu filhos não estavam em casa”, conta a testemunha.   O pai do garoto ferido foi preso; ele não tinha ficha criminal e estava com um amigo que teria trocado tiros com a polícia e fugiu em seguida. O tio do menino, o vidraceiro Magno Ferreira, negou que o irmão dele estivesse armado e disse o homem foragido era um conhecido de infância.

“O cara que estava com meu irmão é jurado de morte por outros criminosos, morava aqui na rua. Nós tivemos uma amizade de infância, mas a vida dele é uma e a minha vida é outra, não tem nada a ver”, falou Ferreira.

O homem que seria jurado de morte tem nove passagens pela polícia, por motivos como tráfico de drogas e homicídio.

Os policiais contaram que faziam uma ronda à paisana quando viram os homens armados na rua. As polícias Militar e Civil não falaram sobre o crime neste domingo. No sábado, a Polícia Militar informou que abriu um processo para apurar o caso.                

veja também