MENU

Polícia estoura fábrica de CDs e DVDs piratas e prende 14 suspeitos

Polícia estoura fábrica de CDs e DVDs piratas e prende 14 suspeitos

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 11:05

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra Propriedade Imaterial (DRCPIM) estouraram na manhã desta quarta-feira (27) uma fábrica de CDs e DVDs piratas que funcionava na Avenida Edgar Romero, em Madureira, no subúrbio do Rio. Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, 14 pessoas que estavam no local foram presas.

De acordo com o delegado Alessandro Thiers, titular da delegacia, a fábrica abastecia os mercados populares da região de Madureira e também do Centro do Rio. O dono da fábrica já tinha sido preso anteriormente pelo mesmo crime, mas, segundo o delegado, foi solto após pagar fiança.

Segundo a polícia, os presos vão responder pelos crimes de formação de quadrilha e violação de direito autoral.

Fábrica em Belford Roxo

Na terça-feira (19), os policiais também descobriram uma fábrica de CDs e DVDs piratas em Barro Vermelho, no município de Belford Roxo, Baixada Fluminense. No local os policiais prenderam um homem de 26 anos que era o responsável pela distribuição das mídias piratas nos mercados populares de Belford Roxo.

Pirataria na Uruguaiana

Também na terça-feira, a DRCPIM prendeu um homem de 25 anos e deteve dois menores que vendiam DVDs de filmes, shows e programas de computador piratas no Mercado Popular da Uruguaiana, no Centro. Eles tinham 614 mídias piratas escondidos em mochilas.

Já no bairro Jardim América, no subúrbio, os policiais prenderam em flagrante um homem de 24 anos com 339 DVDs piratas de filmes e shows em uma feira livre.    

veja também