MENU

Polícia faz operação contra lavagem de dinheiro no RJ

Polícia faz operação contra lavagem de dinheiro no RJ

Atualizado: Sexta-feira, 18 Dezembro de 2009 as 12

O delegado titular da Draco (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado), Claudio Ferraz, informou na manhã desta sexta-feira (18) que cerca de cem policiais tentam cumprir 25 mandados de busca e apreensão e outros nove de prisão, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A operação, segundo ele, é para desmascarar uma quadrilha de lavagem de dinheiro que envolve milicianos. Os policiais se concentram principalmente nos bairros Gardência Azul, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

Uma das prisões aconteceu na noite desta quinta-feira (17). Suspeito de chefiar a milícia da Gardênia Azul, o vereador e sargento licenciado do Corpo de Bombeiros, Cristiano Girão (PMN), foi preso em seu gabinete na Câmara dos Vereadores, no Centro da cidade.

Ferraz disse que ele deveria ter sido preso com outros integrantes da quadrilha nesta sexta-feira, mas foi preciso antecipar para evitar uma possível fuga, já que o vereador estaria de viagem marcada.

Nesta manhã, os agentes estiveram no centro social de Girão, na Gardência Azul, e apreenderam documentos, computadores e um cofre.

O parlamentar é apontado ainda pela também vereadora Cidinha Campos (PDT) de planejar a sua morte e do seu filho. Somente em 2009, Cidinha formalizou três denúncias contra Girão na Delegacia de Homicídios.

Em julho, Cristino Girão foi acusado pelo Ministério Público Estadual de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito.

A reportagem do R7 tenta contato com a assessoria de imprensa do vereador, mas não teve resposta até a publicação desta matéria.

veja também