Polícia faz reconstituição de cena do crime da mulher encontrada dentro de mala

Polícia faz reconstituição de cena do crime da mulher encontrada dentro de mala

Atualizado: Segunda-feira, 21 Fevereiro de 2011 as 1:16

A Polícia Civil e o IML (Instituto Médico Legal) fizeram, no final de semana, a reconstituição da cena do crime da mulher que foi encontrada dentro de uma mala, na represa de Mairiporã, na Grande São Paulo, em janeiro. A reconstituição contou com a participação de um dos suspeito de matar e esquartejar a vítima. O corpo foi encontrado no dia 21 de janeiro deste ano.

O homem, de 40 anos, foi preso no último dia 13. Segundo a polícia, o suspeito havia fugido para o Ceará e programava voltar para São Paulo, onde ficaria escondido. Mas, os policiais civis da Delegacia Seccional de Franco da Rocha, também na Grande São Paulo, já faziam o monitoramento dele e o detiveram dentro de um ônibus durante seu retorno. Um segundo suspeito de ter participado da morte já foi identificado e está sendo procurado.

O crime O corpo da vítima foi encontrado em 21 de janeiro, dentro de uma mala, em uma represa que passa pela estrada rural Santa Inês, em Mairiporã. Na ocasião, um representante comercial, de 30 anos, contou que retirou a mala da represa porque a viu boiando e dela saía um liquido avermelhado que aparentava ser sangue. A mala estava fechada com corda e cadeado. A polícia foi chamada e encontrou o corpo da mulher já em estado de decomposição.    

veja também