MENU

Polícia faz retrato falado de suspeitos de executarem ex-policial

Polícia faz retrato falado de suspeitos de executarem ex-policial

Atualizado: Sexta-feira, 17 Junho de 2011 as 1:23

Retrato falado foi feito por peritos com base em depoimentos de testemunhas  (Foto: Divulgação/PC)

  A Polícia Civil divulgou o retrato falado dos dois suspeitos de terem executado o ex-policial civil Anderson Godoy de Azevedo, 37 anos e a esposa de 49 anos, em Rio Verde do Mato Grosso, distante 194 quilômetros de Campo Grande. As vítimas foram executadas a tiros no fim da tarde de segunda-feira (13).

De acordo com o escrivão da Polícia Civil de Rio Verde, Luciano Morel, o retrato falado dos suspeitos foi feito por peritos com base em depoimentos de testemunhas que estavam no local na hora do crime.

Ainda segundo informações do policial, um dos suspeitos seria negro, gordo, teria aproximadamente 1,80 metro de altura, idade entre 25 e 30 anos. Já o outro seria branco, magro, teria aproximadamente 1,65 metro e teria idade aproximada de 24 anos.

Crime

O crime aconteceu às 17 horas (horário de MS), dentro da loja em Rio Verde. Segundo o delegado daquele município, Eder Moraes, testemunhas relatam que, por volta do meio dia, os suspeitos foram até o local, olharam alguns objetos e foram embora.   Cinco horas depois, os dois homens entraram novamente na loja e, segundo a policia, atiraram contra o casal. Azevedo foi morto com quatro tiros. A polícia não detalhou quantos tiros a mulher levou.

O delegado disse que nenhum objeto foi levado o que reforça a tese de o crime ter sido uma execução. O delegado não quis passar maiores informações sobre a linha de investigação, pois o caso corre em segredo de justiça.          

veja também