Polícia Federal encontra 72 kg de droga na lataria de automóvel em MT

Polícia Federal encontra 72 kg de droga na lataria de automóvel em MT

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 1:15

Droga apreendida estava distribuída em 72 tabletes.

(Foto: Idemar Marcatto) A Polícia Federal de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá, apreendeu na madrugada desta segunda-feira (31) aproximadamente 72 quilos de pasta base de cocaína durante uma ação no município de Lucas do Rio Verde, distante 360 quilômetros da capital. A droga era transportada em uma caminhonete e foi escondida em meio à lataria. O motorista de 30 anos, que conduzia o veículo, foi preso em flagrante. A polícia abriu um procedimento denominado auto de prisão em flagrante e o homem será indiciado por tráfico de drogas. Conforme o delegado federal André Luiz Borges, a polícia ainda investiga qual o destino e destinatário do entorpecente. Em depoimento à Polícia Federal, o motorista preso nesta segunda-feira disse que o material teria saído de um município do Sudoeste de Mato Grosso.

"A droga é proveniente de Porto Esperidião e estava na carroceria, nas partes laterais. Inicialmente, o motorista não comentou para onde iria. Tanto que buscamos agora saber qual seria a procedência da droga, para quem seria distribuída, quem é o dono", declarou o delegado ao G1 .

Conforme Borges, ainda não é possível estimar em valores quanto correspondem os 70 tabletes de pasta base de cocaína encontrados nesta segunda-feira. A dificuldade em ocorrências desta natureza, explica o delegado, é identificar quais seriam os reais proprietários da droga e os beneficiados pelo esquema criminoso.

O uso da BR-163 para passagem de droga pelos municípios também chama a atenção da polícia. "Sabemos que a rodovia é um local de passagem do tráfico e temos dado atenção especial para a apreensão de entorpecentes", complementou Borges. O delegado acrescenta que a polícia tem intensificado as ações de repreensão ao tráfico de drogas na região.

No mês de julho, uma operação na cidade de Vera, a 486 quilômetros de Cuiabá, resultou na localização de 528 quilos de pasta base de cocaína. O material estava escondido nos fundos de uma casa e três pessoas foram presas por envolvimento com o tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia Federal, o entorpecente estava avaliado em R$ 2,5 milhões e seria distribuído em cidades do Pará e em estados do Nordeste. A pasta base foi guardada dentro de sacos e armazenada em um galpão no fundo da casa de dois dos suspeitos. À época, esta foi considerada a maior apreensão registrada pela polícia no norte do estado.      

veja também