MENU

Polícia identifica parte do grupo que assaltou joalheria em shopping no RJ

Polícia identifica parte do grupo que assaltou joalheria em shopping no RJ

Atualizado: Terça-feira, 1 Fevereiro de 2011 as 8:49

A polícia já identificou parte da quadrilha que assaltou uma joalheria dentro do Top Shopping, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na tarde de segunda-feira (31). Houve tiroteio e um segurança foi morto. O centro comercial ficou fechado por quase três horas.

O delegado Carlos Alberto Kuelotti, da 52ª DP (Nova Iguaçu), que investiga o caso, informou que as câmeras do circuito de segurança do shopping filmaram o assalto. E, com a ajuda das imagens, parte da quadrilha já foi identificada.

“É uma quadrilha do Rio que está agindo na Baixada Fluminense. Estamos levantando os dados e brevemente estaremos prendendo esses suspeitos”, disse o delegado.

O assalto foi no maior shopping de Nova Iguaçu. De acordo com a polícia, quatro homens armados chegaram de carro e subiram a pé a rampa do estacionamento. Um dos suspeitos que estava de roupa social anunciou o assalto à joalheria.

Em seguida, um outro suspeito rendeu dois segurança e entrou com eles na loja. Na confusão um dos vigilantes deu um tiro que quebrou a vitrine da joalheria, o que chamou a atenção do gerente de segurança.

Mas um dos comparsas, que tinha ficado na praça de alimentação para dar cobertura ao grupo, atirou no gerente. Foram quatro disparos, três deles com o segurança já no chão. Ele morreu no local.

O quarto suspeito ficou no carro. Eles conseguiram fugir levando joias e relógios. Assustados os lojistas fecharam as portas. O shopping ficou três horas fechado e a loja assaltada foi periciada.

Joalheria é alvo constante de assaltos

De acordo com o gerente de uma loja do shopping, vendedores e clientes ficaram em pânico com os tiros. Segundo ele, que não quis se identificar, a joalheira fica no terceiro piso e é alvo de criminosos com frequência. Entretanto, a assessoria de comunicação do shopping afirmou que essa foi a primeira vez que a loja foi assaltada.

A assessoria do shopping enviou uma nota afirmando que o gerente de segurança tinha 50 anos e foi baleado na cabeça, quando seguia em direção à joalheria para tentar evitar o assalto.    

veja também