MENU

Polícia investiga construtora suspeita de aplicar golpes na Grande BH

Polícia investiga construtora suspeita de aplicar golpes na Grande BH

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 4:23

A Polícia Civil investiga denúncias contra uma empresa responsável pela construção de casas pré-fabricadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que seria suspeita de aplicar golpes imobiliários. Algumas vítimas se reuniram nesta terça-feira (18) na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, no bairro Barro Preto, na Região Centro-Sul da capital mineira. A delegada Paloma Boson Kairala explicou que os clientes foram atraídos pela oferta de preços inferiores ao do mercado e um prazo de entrega rápido, em torno de 45 dias. Os proprietários dos lotes não receberam os imóveis.

Um dos clientes conta que fez o pagamento integral em maio de 2011 e a construção ainda não foi iniciada no terreno localizado em Sabará, na Grande BH. De acordo com informações da polícia, aproximadamente 18 pessoas denunciaram a construtora, mas, ao todo, cerca de 100 pessoas teriam sido prejudicadas pelo golpe.   O delegado Islande Batista disse que os proprietários da construtora são suspeitos de três crimes: estelionato, formação de quadrilha e falsidade ideológica. Os suspeitos teriam colocado declarações falsas nos documentos entregues aos clientes.

De acordo com o dono da empresa, a demora na entrega dos imóveis foi causada por erros na documentação apresentada pelos clientes. O empresário disse também que muitos compradores não teriam oferecido as garantias necessárias para a construção da casa, o que impossibilita o início da obra. Ele também informou que está colaborando com as investigações.

Ainda segundo a construtora, os clientes estão sendo notificados para regularizarem a situação ou cancelarem o negócio. Caso eles optem pela desistência, haverá um prazo para que seja realizado o reembolso de acordo com o contrato.

veja também