MENU

Polícia investiga mortes de jovens encontrados carbonizados em MT

Polícia investiga mortes de jovens encontrados carbonizados em MT

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2011 as 4:53

Um inquérito foi instaurado para investigar a morte de dois rapazes, cujos corpos foram encontrados carbonizados na esquina de uma rua, em um bairro periférico de Diamantino, a 209 quilômetros de Cuiabá, na última sexta-feira (15). No local também havia velas, bebidas e cigarros, onde supostamente teria sido realizado um ritual de magia negra. Uma das vítimas teve os órgãos genitais arrancados, segundo o delegado Marcelo Graciano da Silva, responsável pelas investigações.

O delegado informou ao G1 que já começaram a ser ouvidos os familiares das vítimas, mas descartou, pelo menos em princípio, qualquer ligação dos crimes com magia negra. A principal hipótese, porém, é de que tenham sido mortos por vingança. "Apesar das velas e bebidas no local, levantamos a possibilidade de vingança porque uma das vítimas, que era usuária de drogas, teria sido ameaçada de morte por um presidiário que cumpre pena em regime aberto", disse, ao argumentar que os corpos podem ter sido jogados na encruzilhada por coincidência.

Um dos rapazes que foi morto havia sido solto recentemente. Ele cumpriu pena por receptação de motocicletas, ainda de acordo com o delegado. A outra vítima era parceiro do ex-presidiário, mas, como explicou o delegado, não possuía passagens pela polícia. Porém, conforme depoimentos das testemunhas, ele sofria de alcoolismo.

A polícia avalia ainda que os dois jovens foram assassinados e, depois disso, os corpos teriam sido enrolados em uma lona preta e levados até o local, onde foram queimados com a ajuda de um produto inflamável. "Eles estavam com vários sinais de espancamento na cabeça e de facadas", complementou Marcelo Graciano. Não há previsão para a conclusão do inquérito e, na avaliação do delegado, ainda não há como confirmar a motivação dos homicídios.            

veja também