MENU

Polícia investiga paradeiro de traficantes que fugiram do Alemão

Polícia investiga paradeiro de traficantes que fugiram do Alemão

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 9:06

Após a operação policial no Conjunto de Favelas do Alemão , na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro, uma pergunta ainda não tem resposta: Onde foram parar os criminosos que fugiram de uma favela para outra? A fuga em massa dos traficantes começou quando a polícia ocupou a Vila Cruzeiro, na semana passada.

Visite o site do Jornal da Globo

Para o chefe de Polícia Civil do Rio, Allan Turnowski, os traficantes podem estar na Região Metropolitana e na Região dos Lagos. As buscas já foram ampliadas para essas áreas. O importante, segundo ele, é que as quadrilhas estão desestabilizadas.

“Onde esses chefes estejam eles não estarão mais naquelas casas luxuosas, não estarão mais com as famílias, estarão sem armas, sem dinheiro, frágeis. É nessa hora que a gente vai usar. E 100% da nossa inteligência está trabalhando nisso, para buscar eles onde eles estão escondidos”, disse Turnowski.

Os criminosos se refugiaram no Conjunto de Favelas do Alemão, vizinho à Vila Cruzeiro, mas também foram cercados. Durante a operação, a polícia prendeu 124 suspeitos. O mais conhecido deles era Elizeu Felício de Souza, o “Zeu”, condenado pela morte do jornalista da TV Globo Tim Lopes.

No entanto, três dos homens apontados como chefões da facção que dominava o Alemão não foram encontrados: Fabiano FB, Luciano Pezão e Polegar da Mangueira. A polícia acredita em três hipóteses para explicar porque eles e outros criminosos que aparecem nas imagens da fuga não foram capturados.

Rotas de fuga

Segundo a polícia, muitos podem ter escapado usando disfarces. Além disso, vestígios encontrados em galerias de esgoto indicam que elas foram usadas como rotas de fuga. Nesta terça-feira (30), moradores disseram ter visto traficantes saindo de um buraco num tiroteio.

“Isso é importantíssimo para o sucesso da operação. Há um interesse da comunidade se ver livre desses maus elementos”, disse um polícia, que não quis se identificar.

A terceira possibilidade é que alguns criminosos ainda estejam na favela. Investigadores também receberam denúncias de que alguns criminosos podem ter ido para favelas onde não existe tráfico de drogas. Para a polícia, mais importante do que descobrir por onde os criminosos escaparam é saber para onde eles fugiram.    

veja também