Polícia investiga suposto golpe do DPVAT em hospital do ABC

Polícia investiga suposto golpe do DPVAT em hospital do ABC

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 8:56

O Ministério Público e a Polícia Civil de São Paulo investigam uma suspeita de golpe no Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (DPVAT) em pacientes vítimas de acidentes de trânsito dentro de um hospital em São Bernardo do Campo, no ABC. Cerca de 200 pacientes já denunciaram o caso.

Uma delas é uma mulher que sofreu um acidente de moto e foi transferida de um hospital público em Mauá, também no ABC, para o hospital de São Bernardo do Campo. Ela precisava fazer uma cirurgia no tornozelo.

“Me encaminharam para o quarto e, em seguida uma moça do RH do hospital foi até mim pedindo que eu assinasse a documentação. Eles acabaram colocando certa pressão em cima de nós porque eu não teria tratamento nenhum. Eles me informaram que todo o meu tratamento seria cancelado”, disse a mulher.

A taxa do DPVAT é recolhida por todo dono de veículo e serve para indenizar vítimas de acidentes de trânsito. O reembolso de despesas médicas é de até R$ 2,7 mil. Mas não pode ser pago ao hospital.

“Isso é proibido fazer, isso é um dolo à população. A seguradora paga diretamente ao beneficiário, isso tudo é truque, é mentira”, explicou o representante do DPVAT Leôncio de Arruda. O advogado do DPVAT negou todas as acusações.    

veja também