MENU

Polícia ouve testemunhas de assassinato de estudante em bar no centro de SP

Polícia ouve testemunhas de assassinato de estudante em bar no centro de SP

Atualizado: Quinta-feira, 24 Fevereiro de 2011 as 2:45

O delegado do 4º Distrito Policial, Luciano Augusto Pires, deve ouvir cinco testemunhas, a partir das 14h desta quinta-feira (24), do crime que deixou um estudante morto e outro ferido. O tiroteio ocorreu na noite de quarta-feira (23), em um bar próximo à FGV (Fundação Getúlio Vargas), na rua Doutor Plínio Barreto, região da Bela Vista, zona sul de São Paulo.

As testemunhas seriam alguns amigos, que estavam na mesma mesa dos estudantes no momento dos disparos, e funcionários do bar. Na ocasião, os dois alunos do 4º ano do curso de administração da FGV foram baleados.

Julio Cesar Grimm Bakri, 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado ao IML Central de São Paulo, onde ainda aguarda liberação para velório e enterro.

Cristopher Tominaga, 23 anos, ficou ferido e permanecia internado no Hospital das Clínicas por volta das 13h10. A assessoria de imprensa do hospital divulgou nota oficial informando que o paciente teria sofrido múltiplos ferimentos por arma de fogo e que apresentava lesões em órgãos gastrointestinais e rim esquerdo, além de fratura na perna direita.

Ele foi submetido a procedimentos cirúrgicos e estava em recuperação pós-anestésica, evoluindo em situação estável, porém grave.

Segundo o delegado, foram solicitadas imagens das câmeras de segurança de um prédio próximo ao bar. Equipes da polícia civil estão no local aguardando a liberação.    

veja também