Polícia ouve vítimas de assalto a banco em MT

Polícia ouve vítimas de assalto a banco em MT

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 3:24

A quinta-feira (2) foi de pânico para moradores de Campo Novo do Parecis (MT). Criminosos invadiram uma agência bancária, fizeram funcionários e clientes reféns, totalizando 40 pessoas. As vítimas foram usadas como um escudo humano que protegia os ladrões da ação da polícia. Dezoito pessoas já foram ouvidas pela equipe que investiga a ação.

 

Para intimidar os policiais, os criminosos atiravam a todo momento, cercados pelos reféns.

Ninguém foi preso, até o início da tarde desta sexta-feira (3). As buscas continuam. Um helicóptero ajuda a procurar os criminosos. A polícia recebeu a informação de que os criminosos passaram a noite em uma fazenda. No total, 150 policiais participam da operação. A polícia acredita que a quadrilha é experiente. Assaltos como o que ocorreu em Mato Grosso têm sido frequentes no interior do país. Os assaltantes chegam encapuzados e com armas pesadas, como fuzis.

Em Campo Novo do Parecis, depois do roubo, os ladrões colocaram fogo no banco, destruindo o sistema de segurança, o que dificulta a identificação dos criminosos.  

veja também