MENU

Polícia paraguaia destrói 2,6 toneladas de maconha na fronteira

Polícia paraguaia destrói 2,6 toneladas de maconha na fronteira

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 1:36

Agentes da Senad destroem plantação de maconha em Pedro Juan Caballero (Foto: Divulgação / Senad)

  Agentes da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) destruiram uma plantação de maconha com 27 hectares e incinerou 2,6 toneladas da droga pronta, nessa segunda-feira (17), na região próxima a Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil. A ação faz parte da operação Aliança, que tem o apoio da Polícia Federal brasileira.     De acordo com a secretaria, a eliminação da área cultivada equivale a retirar de circulação 81 toneladas do entorpecente. Também foram encontrados e destruídos 585 quilos de sementes, 13 prensas para fabricação de porções da droga e 19 acampamentos utilizados nas plantações.

O objetivo da operação, segundo a Senad, é causar o maior prejuízo possível nas finanças do narcotráfico, de forma a reduzir a fabricação de entorpecentes no Paraguai. Ontem foi o quinto dia da ação policial. Estima-se que tenha provocado dano financeiro de dois milhões de dólares aos traficantes.

De acordo com a secretaria, as equipes continuam monitorando as áreas próximas a Pedro Juan Caballero.

Maconha é incinerada durante operação em Pedro Juan Caballero (Foto: Divulgação / Senad)        

veja também