MENU

Polícia prende 11 pessoas durante operação em Osasco

Polícia prende 11 pessoas durante operação em Osasco

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 1:09

A polícia fez nesta quinta-feira (3) uma megaoperação em Osasco, na Grande São Paulo. O objetivo principal era encontrar suspeitos de matar seis policiais. Onze pessoas foram presas. A operação foi desencadeada depois que uma testemunha indicou aos agentes os locais onde moravam os suspeitos, que escondiam armas e drogas.

Essa testemunha, que se diz ameaçada de morte, afirma também que alguns policiais recebem suborno para permitir o tráfico de drogas no Jardim Helena Maria. A polícia entrou na favela pouco antes das 6h. Os alvos da operação eram pontos de vendas de drogas e criminosos ligados a uma quadrilha que age nos presídios de São Paulo.

Em uma das casas, a polícia encontrou uma granada. O dono do imóvel foi preso. Um rapaz acordou com os policiais dentro de casa. Sacos com cocaína, pinos para embalar a droga e um colete à prova de balas estavam escondidos em armários e atrás do sofá da casa dele. Em outra residência, as drogas estavam em cima da laje. Eram tijolos de crack e cocaína, material para misturar tudo e uma balança de precisão. A dona da casa e o irmão dela foram presos.

Um rapaz é suspeito de participar de execuções de criminosos rivais. A polícia chegou aos suspeitos com as informações de uma testemunha que está ameaçada de morte. Em depoimento à Promotoria, a testemunha disse que suspeitos de assassinar seis policiais militares se escondem na favela - onde estão também as armas usadas por eles. Dois desses suspeitos foram presos nesta quinta-feira.

Apenas promotores que investigam o crime organizado e a corregedoria da PM participaram da operação porque, segundo a testemunha, policiais civis e militares da cidade cobram propina de traficantes da favela. Eles serão investigados. A testemunha será incluída no programa de proteção do governo estadual. As armas que teriam sido usadas para matar os policiais não foram encontradas durante a operação.

Foram feitas buscas também em bairros vizinhos. Em uma casa, os policiais acharam relógios e rádios roubados, um alicate de pressão para estourar caixas-eletrônicos e drogas. A dona da casa foi presa.    

veja também