MENU

Polícia prende bombeiro suspeito de agredir homossexual

Polícia prende bombeiro suspeito de agredir homossexual

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 3:38

Um bombeiro foi preso, na terça-feira (25), após supostamente ter agredido e roubado um homossexual em Cubatão, na Baixada Santista. Segundo a polícia, os dois se conheceram por meio de um site de relacionamento na internet. As conversas entre o auxiliar administrativo e o bombeiro duraram um mês.

Os dois resolveram se encontrar em uma casa, em Praia Grande, a 71 km de São Paulo, onde as agressões tiveram início. Em depoimento à polícia, o bombeiro disse que esperava encontrar uma mulher loira e de olhos azuis, e não um homossexual.

O motivo teria sido "mais do que suficiente" para dar início às agressões dentro da residência. Após bater na vítima, o bombeiro, que também é professor de karatê, teria colocado o homossexual dentro do porta malas do carro e o imobilizado com um lençol. O auxiliar administrativo conseguiu escapar e foi socorrido por populares.

De acordo com o delegado Luiz Evandro Medeiros, o bombeiro vai responder por tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), já que ele teria levado a moto da vítima.    

veja também