MENU

Polícia prende comerciante com paiol de munição em loja de MS

Polícia prende comerciante com paiol de munição em loja de MS

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 11:38

Munição apreendida na loja do comerciante em Maracaju (Foto: Robertinho/Maracaju Speed)

  A Polícia Civil de Maracaju, a 162 quilômetros de Campo Grande, prendeu no fim da tarde desta quarta-feira (17), em flagrante, um comerciante que mantinha um verdadeiro paiol com diversos tipos de munição em uma loja de venda de produtos importados. A suspeita da polícia é que ele revendia a mercadoria para criminosos da região. No local também foram encontrados medicamentos abortivos.

Segundo o delegado João Paulo Natali Sartori, a polícia chegou até o comerciante após receber várias denúncias anônimas. Ele explica que as investigações demoram um mês, até que fosse desencadeada a ação para prendê-lo, que recebeu o nome de Operação Iraque.

Sartori diz que a munição estava escondida atrás do balcão da loja e na casa do suspeito. Ele revela que foram apreendidos 3.500 unidades de diversos calibres, alguns até de uso restrito das forças armadas. “Entre outros, foram encontrados unidades de munição de calibre 357, 45, 9 milímetros, cartuchos de 12, 20, 16, 24 e 30, 178 tubos de pólvora, 236 espoletas, além de uma arma calibre 32 e medicamentos abortivos”, explica.

O delegado comenta que o comerciante revelou que já tinha passagem pela polícia também pela venda de munição, e que comprava a mercadoria em lojas de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. “Ele também revelou os preços de algumas munições que comercializava. A caixa para o calibre 22, por exemplo, custava R$ 50, e para o 357, que é de uso restrito, R$ 200”, comenta.

O material apreendido, conforme Sartori, será encaminhado para pericia. O comerciante será indiciado inicialmente por porte ilegal de armas e munições e comércio ilegal de munições e poderá também responder por tráfico internacional de drogas, em razão dos medicamentos abortivos encontrados na loja.            

veja também