MENU

Polícia prende mulher suspeita de torturar e agredir filho até a morte

Polícia prende mulher suspeita de torturar e agredir filho até a morte

Atualizado: Terça-feira, 24 Maio de 2011 as 3:36

Uma criança de 3 anos foi morta na noite de segunda-feira (23) na casa onde morava, em Lorena, a 198 km de São Paulo. A polícia suspeita que a vítima tenha sido espancada e abusada sexualmente antes de morrer. A mãe do menino e outras duas pessoas suspeitas de cometer as agressões foram presas.

O garoto foi levado já morto por vizinhos a um hospital da cidade. Segundo médicos, havia hematomas, marcas de mordidas e sinais de estupro no corpo. A polícia foi acionada e, ao chegar à casa da família, onde moravam pelo menos 11 pessoas, prenderam três adultos. Oito menores de idade foram levados a um abrigo.

Na delegacia, a mãe da criança, o namorado dela e uma tia do menino foram ouvidos durante a madrugada desta terça (24). Segundo a Polícia Civil, os três confessaram que torturavam o garoto diariamente.

Além de apanhar de cinto e de mangueira de borracha, a vítima ficava de castigo de joelhos por horas. A mãe e a tia foram levadas para a cadeia de Aparecida, a 180 km de São Paulo. O namorado da mãe foi encaminhado para a cadeia de Guaratinguetá, cidade vizinha a Aparecida. O corpo do garoto vai passar por exames no Instituto Médico-Legal (IML).        

veja também