Polícia prende suspeito de fazer filme erótico com adolescente no ES

Polícia prende suspeito de fazer filme erótico com adolescente no ES

Atualizado: Terça-feira, 15 Dezembro de 2009 as 12

Um comerciante de 41 anos foi preso em flagrante, em Vila Velha (ES), nesta sexta-feira (11), sob suspeita de manter relações sexuais com uma adolescente de 14 anos. Segundo a polícia, o crime aconteceu em um motel da cidade e foi gravado pelo filho do suspeito, de 15 anos.

O delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, afirmou que uma segunda adolescente, de 16 anos, também foi levada para o motel pelo suspeito. ''O comerciante afirmou que teve relações sexuais com as duas meninas, mas como a bateria da máquina acabou, só a relação com uma delas é que foi registrada. A gravação foi editada, tem trilha sonora e até créditos com os nomes dos envolvidos'', afirmou o delegado em entrevista a Folha Online.

De acordo com o delegado, o acusado negou que fosse comercializar o material gravado, que tem aproximadamente seis minutos. ''Ele inclusive contou que comprou roupas em sex shop para as adolescentes usarem na gravação. Vamos investigar se ele fez outras gravações e se teve envolvimento com outras menores''.

As investigações tiveram início com o monitoramento das duas adolescentes pelo Juizado da Infância e Juventude de Vila Velha. ''Nós fomos acionados pelo juizado que recebeu a informação que as meninas estariam na casa do comerciante. Com um mandado de busca e apreensão, encontramos DVDs pornográficos, a máquina fotográfica e o computador na casa dele. Na máquina, havia fotos das adolescentes em poses sensuais'', diz Nolasco.

O filho do suspeito, que foi encaminhado para a casa de familiares, disse em depoimento que também mantinha relações sexuais com as duas adolescentes. ''Para ele parecia ser natural o que é chocante para nós, participar de orgias com o pai e com as meninas'', afirmou o delegado.

O comerciante, que é dono de um trailer de lanches em Vila Velha, foi autuado por registrar cenas de sexo explícito envolvendo adolescente e por colocar um menor para presenciar as relações. ''Ele ainda será autuado por posse de material pornográfico, mas acredito que ele pode chegar a ficar preso por cerca de 18 anos, com a soma de todos os crimes'', afirmou o delegado.

Por Julianna Granjeia

veja também