MENU

Polícia prende suspeitos de fazer roubos violentos na Zona Sul de SP

Polícia prende suspeitos de fazer roubos violentos na Zona Sul de SP

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 9:25

A Delegacia de Repressão a Roubos e Extorsões do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) identificou três suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubos nos bairros do Campo Belo, Aeroporto, Moema e Jabaquara, na Zona Sul da capital paulista.

Os suspeitos tinham como base a favela da Rua Alba, na Vila Santa Catarina, Zona Sul. A localização permitia atacar áreas nobres da região percorrendo poucos quilômetros.

De acordo com a polícia, a principal tática do grupo para obrigar as vítimas a entregarem seus bens era pegar a pessoa mais frágil da família – criança, idoso ou pessoa com deficiência – e submetê-la a espancamentos. Em seguida, eles costumavam jogar líquido inflamável no ferido e ameaçam atear fogo.

A Polícia Civil, que há seis meses investigava o grupo, esclareceu dois crimes do grupo. Em um deles, ocorrido em junho, os acusados agrediram um deficiente visual, feriram um PM e conseguiram fugir. Quando um soldado fora de serviço tentou detê-los, ele foi confundido com integrante do grupo e atingido pelos colegas de farda.

Uma parte dos objetos roubados, principalmente eletroeletrônicos, era comercializada entre os moradores da Vila Santa Catarina.

Um homem de 26 anos, um de 29 e um de 39 anos foram flagrados ações criminosas, mas não tiveram seus nomes ligados aos roubos violentos na região.

Uma vítima revelou um detalhe importante que facilitou a identificação dos suspeitos pela polícia. Apesar de usar aparelho ortodôntico, um deles é dentuço.

Um deles já foi reconhecido por vítimas. Os outros dois devem passar pelo procedimento na segunda-feira (24).      

veja também