MENU

Polícia tenta identificar suspeitos de agredir fiscais de trânsito em Osasco

Polícia tenta identificar suspeitos de agredir fiscais de trânsito em Osasco

Atualizado: Quinta-feira, 14 Outubro de 2010 as 2:17

A Polícia Civil de Osasco, na Grande São Paulo, trabalha para tentar identificar o grupo de pessoas que agrediu seis agentes de transito no dia 6 deste mês. Os fiscais multavam carros estacionados em local proibido na Avenida dos Autonomistas. Câmeras de monitoramento de um posto de combustíveis e do sistema de monitoramento de trânsito das ruas de Osasco flagraram as agressões.

Os suspeitos da agressão participavam de uma festa em um comitê eleitoral. Os agentes foram até o local após reclamações de pedestres. Carros estavam parados nas calçadas e em filas duplas. Quando perceberam a ação, as pessoas partiram para cima dos fiscais, que levaram socos, pontapés e até caíram no chão.

“Tentei me defender, e quando eu fui sair o outro rapaz veio e agrediu com a mão no meu olho. Aí ele veio direto, acertou meu nariz, e acabou quebrando o meu nariz. Na hora começou a sangrar”, contou o agente Arthur Ferreira, que terá que passar por uma cirurgia. “Foi um verdadeiro terror, nunca tinha visto terror na minha vida que nem eu vi”, contou outro agente, Geraldo da Silva.   Até o fim da manhã desta quinta-feira (14), segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, nenhum suspeito das agressões havia sido identificado ou preso.

Em nota, a assessoria de imprensa do deputado estadual eleito Celso Giglio (PSDB) informou que os envolvidos na agressão eram "penetras da festa" e que eles não têm envolvimento com o comitê ou o candidato.    

veja também