MENU

Polícia vê imagens de acidente e quer acareação entre Grazi e vítima no Rio

Polícia vê imagens de acidente e quer acareação entre Grazi e vítima no Rio

Atualizado: Quarta-feira, 16 Março de 2011 as 3:06

O novo delegado da 16ª DP (Barra da Tijuca), Fernando Cesar Magalhães Reis, vai solicitar uma acareação entre a atriz Grazi Massafera, seu motorista e a vítima de um acidente de trânsito ocorrido em outubro do ano passado. De acordo com Reis, a acareação será solicitada após a análise das imagens do acidente fornecidas pela CET-Rio na noite de terça-feira (15).

“As imagens ainda não estão totalmente nítidas. Precisamos ampliá-las, mas as primeiras análises comprovam a versão de uma testemunha e desmentem a da vítima”, afirmou o delegado. As imagens devem ser divulgadas à imprensa na quinta-feira (17).

Segundo Reis, já foi realizada uma acareação entre a testemunha e a vítima, um idoso de 70 anos. “De acordo com o depoimento da testemunha, após o acidente, a vítima saiu do carro e sentou na calçada levando as mãos à cabeça, enquanto o motorista da atriz, que abriu a porta do veículo pelo lado do volante, foi até ele para saber se estava bem. Já a vítima afirma que foi imediatamente até o carro da atriz e verificou que Grazi dirigia. O idoso afirma ainda que ela trocou de lugar com o motorista após o acidente”, explicou o delegado.

De acordo com a advogada da vítima, Flávia Luz, seu cliente pode ter se confundido, mas não mentiu. "Segundo o depoimento da testemunha o motorista saiu do veículo pelo lado do condutor, mas demorou um pouco para isso. Ele pode sim ter trocado de lugar com a atriz", afirmou a advogada. Apesar da afirmação, Flávia luz diz que prefere esperar a divulgação das imagens para fundamentar sua defesa. Ela acrescenta ainda que depois de quatro meses, seu cliente pode ter trocado a ordem dos fatos.

O delegado Rafael Willis, que cuidava do caso antes de Reis, chegou a afirmar que, apesar de Grazi ter dito que seu motorista dirigia o carro, testemunhas do acidente haviam contado que ela era quem estava na direção. Grazi ainda não tinha habilitação. O atual delegado que cuida do caso também revelou que, em depoimento, Grazi disse ter ligado para 190 enquanto seu motorista foi ver se a vítima precisava de socorro. “Vamos averiguar a versão da atriz com o 190 e verificar se ela realmente ligou”, disse o delegado.

A presença da atriz chegou a ser requisitada na delegacia esta semana, mas, a pedido de seu advogado, a data será remarcada. A equipe de reportagem do G1 tentou contatar Grazi e sua assessoria de imprensa, mas não obteve retorno. Ainda de acordo com o delegado, há indícios de que o carro em que a atriz estava ultrapassou o sinal vermelho e atingiu o veículo da vítima: “Ainda não fizemos a cronometragem da fita, mas os indícios são fortes”.      

veja também