MENU

Policial civil é suspeito de matar esposa e forjar acidente na Bahia

Policial civil é suspeito de matar esposa e forjar acidente na Bahia

Atualizado: Quarta-feira, 9 Novembro de 2011 as 5:01

Um policial civil foi preso na terça-feira (8), no município de Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, sob a suspeita de ter assassinado a esposa. Segundo a polícia, o homem espancou a companheira até a morte e depois simulou um acidente de carro para parecer que essa era a causa do óbito.

O crime foi na noite do último dia 29 de outubro. O policial civil teria forjado um acidente na rodovia estadual entre as cidades de Senhor do Bonfim e Antônio Gonçalves.

“Ele tinha dito que estava indo para a festa de Pindobaçu e que perdeu o controle do carro em uma curva e nesse acidente a esposa teria caído do carro e teria falecido”, conta o delegado Felipe Neri.

A polícia solicitou a prisão do marido da vítima após concluir que ele a havia espancado até a morte.

“Ficou totalmente caracterizado que não houve acidente naquele local e em uma pesquisa mais minuciosa dentro do carro encontramos sangue e cabelo da vítima”, relata o delegado.

A perícia confirmou que Márcia Regina de Souza Macedo, de 28 anos, foi morta antes de chegar ao local onde foi encontrada. Dois dias depois do crime, o policial foi à missa de finados, em homenagem à esposa. Em depoimento, ele não confessou nem negou a autoria do crime.

O policial está preso na Corregedoria da Polícia Civil em Salvador. Ele tem dois filhos com a vítima, um de 11 e outro de 5 anos.      

veja também