MENU

Policial suspeito de integrar milícia se entrega no Rio

Policial suspeito de integrar milícia se entrega no Rio

Atualizado: Terça-feira, 29 Dezembro de 2009 as 12

Suspeito de integrar uma milícia que atua na comunidade Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, o policial civil conhecido como Robocop está preso desde esta segunda-feira (28) na penitenciária Bangu 8, na mesma região.

Robocop se entregou no último domingo (27) na delegacia da Pavuna, na zona norte da cidade, onde era lotado. Contra ele, havia um mandado de prisão. Segundo investigações, o policial atuava em conjunto com o vereador Cristiano Girão (PMN), que foi preso no úlitmo dia 17.

Apontado como o chefe da milícia na Gardênia Azul, Girão, que é sargento licenciado do Corpo de Bombeiros, possui cerca de 40 contas em nomes de supostos ''laranjas'' em 12 bancos, seis imóveis e sete veículos. Todos estes bens foram bloqueados pela Justiça.

Segundo relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Assembléia Legislativa do Rio que investigou a atuação das milícias no Rio, o grupo que atua na Gardênia Azul seria formado por 100 pessoas. Cobraria de comerciantes R$ 30 semanais e R$ 100 mensais de taxas de segurança e exigiria 10% de todas as vendas de imóveis da comunidade.

veja também