MENU

Político é condenado a ficar 2 anos longe de bar

Político é condenado a ficar 2 anos longe de bar

Atualizado: Quinta-feira, 13 Maio de 2010 as 3:44

Numa decisão incomum, a justiça de Sorocaba (SP) proibiu o vereador Emílio Ruby de Souza (PMN), que foi flagrado dirigindo embriagado no ano passado, de frequentar bares pelo período de dois anos. Se for visto em estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas, o vereador pode ser denunciado à PM por qualquer cidadão.

A sentença resulta de um acordo proposto anteontem(11/05) pelo juiz Marco José Corrêa, da 2ª Vara Criminal de Sorocaba, e que foi aceito pelo vereador. Ele também não poderá se ausentar da cidade, nos próximos 24 meses, por período superior a 30 dias sem ser autorizado pela justiça.

Até maio de 2012, o vereador terá de se apresentar de três em três meses no Fórum para prestar contas de sua vida pessoal, profissional e política. Ruby é acusado de ter passado um sinal vermelho na disputa de um racha com outro veículo, em setembro do ano passado.

Parado por PMs durante o racha, Ruby tentou se livrar dando uma carteirada, na qual invocou a condição de vereador. O bafômetro acusou a ingestão do dobro de álcool que o permitido por lei para dirigir. Ele foi detido.

veja também