Por dia, 50 kg de lixo são retirados dos ônibus em SP

Por dia, 50 kg de lixo são retirados dos ônibus em SP

Atualizado: Segunda-feira, 28 Março de 2011 as 3:16

Nove milhões de passageiros circulam, por mês, nas 342 mil linhas municipais de ônibus da capital. São 20 mil veículos que transportam, em média, 700 pessoas por dia. A capacidade varia de acordo com o tamanho: de 21, que são os micro-ônibus, até 190 nos bi-articulados. O paulistano despeja cerca de 50 kg de lixo, por dia, no transporte coletivo.

Para preservar os veículos e levar conforto aos passageiros, os ônibus são limpos em dias alternados. O problema é que muita gente ainda não tem consciência e ainda deixa lixo nos corredores e bancos do transporte coletivo.

Todo ônibus tem uma lixeira logo na entrada e alguns também na parte de trás. Mesmo assim, é muito fácil encontrar papel espalhado pelo chão, embalagens no canto e pacotes largados. Sem contar os chicletes grudados debaixo dos bancos.

Limpeza

A limpeza dos ônibus ocorre no período da noite. Eles saem dos terminais e voltam para as garagens, onde passam por uma faxina caprichada. O trabalho é, essencialmente, manual. Começa com um esfregão, muito sabão e força no braço. Em seguida, é hora do lava-rápido super dimensionado.

A parte de dentro é limpa pelas faxineiras. Elas passam pano nos bancos e tiram o lixo do ônibus. “Tem dia que está muito sujo. Pedaço de pão, salgadinho, papel, tudo”, conta Valdeir Oliveira de Souza.

Numa garagem, no Jabaquara, Zona Sul, são preciso 25 funcionários para manter os 160 ônibus. Cada um é lavado dia sim, dia não. Mas apenas uma vez por mês eles passam por uma faxina mais rigorosa. “Você leva em torno de duas horas limpando o teto, o balaustre, o piso, o chiclete colado”, comenta o gerente de manutenção, Marcos Lima.      

veja também