Posto da Polícia Militar é atacado a tiros em Búzios, no RJ

Posto da Polícia Militar é atacado a tiros em Búzios, no RJ

Atualizado: Quarta-feira, 14 Setembro de 2011 as 12:25

O Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) de Búzios, na Região dos Lagos, foi atacado a tiros na madrugada desta quarta-feira (14). Segundo a Polícia Militar, a ação teria sido uma represália à morte de um jovem acusado de vários crimes na cidade, entre eles, homicídios e tráfico de drogas. Um suspeito de participar do ataque está preso.

Segundo o delegado Mario Lamblet, da 127ª DP (Búzios), o jovem morto teria entrado em confronto com policiais no bairro da Tartaruga. "No dia de ontem, por volta das 23h30, teve um confronto da PM com um elemento de 18 anos. Nesse confronto ele veio a morrer. Ele foi socorrido mas não resistiu", confirmou Lamblet.

O delegado informou que amigos do suspeito decidiram, ainda no hospital, fazer uma represália à ação policial. Segundo ele, pelo menos três homens seguiram de carro até o DPO e um deles disparou contra os policiais.

Lamblet contou ainda que os disparos atingiram o dormitório do local e quase acertaram um policial que estava sentado. Ninguém ficou ferido.

Autor dos disparos já foi identificado

O suspeito preso foi localizado por agentes do 25º BPM (Cabo Frio), que fizeram buscas pela região. Segundo a polícia, ele estava com o carro que teria sido usado no ataque. Dentro do veículo, foram encontrados três estojos de munição calibre 38.

Na delegacia, o suspeito ainda tentou se defender, dizendo que estava indo levar a namorada em casa. Mas, segundo a polícia, ele acabou confessando que deu carona aos outros dois suspeitos do crime até o local do ataque. Um deles, já identificado pela polícia, seria o autor dos disparos. Os investigadores ainda  tentam identificar o terceiro suspeito.

Segundo o delegado, o homem preso vai responder por tentativa de homicídio. O posto policial passa por perícia nesta manhã.        

veja também