MENU

'Povo do Rio foi grato e elegeu Dilma para presidente', afirma Cabral

'Povo do Rio foi grato e elegeu Dilma para presidente', afirma Cabral

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 5:01

O governador reeleito do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), afirmou que a vitória de Dilma Rousseff (PT) é a tradução do reconhecimento da população em relação às melhorias que o estado sofreu. A afirmação foi feita na manhã desta segunda-feira (1°), durante a inauguração da nova estação do metrô Cidade Nova e da passarela sobre a Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio.

“O povo do Rio foi grato pela parceria que firmamos e elegeu a Dilma para presidente. Isso é tradução e o reconhecimento da população em relação ao que conquistamos”, disse o governador.

De acordo com Cabral, as perspectivas são de que o Rio tenha tratamento específico nas políticas públicas. “Com a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016, não tenho dúvidas que o Rio terá um tratamento específico. Faremos em 6 anos, o que normalmente fazem em 30 anos. E Dilma será a nossa parceira”, afirmou.

O governador afirmou ainda que o próximo passo é discutir com a presidente eleita estratégias de políticas públicas. “Com a ajuda da Dilma vamos construir políticas públicas diferenciadas. Ela será nossa parceira. Dilma compreende e acredita”, disse ele.

Estação Cidade Nova

Além do governador, o prefeito Eduardo Paes também esteve presente na inauguração da nova estação do metrô. Inicialmente cerca de 10 mil passageiros devem circular diariamente na estação.

A Estação Cidade Nova vai funcionar das 10h às 14h, de segunda a sexta-feira, para que sejam feitos todos os ajustes no sistema, em função da parada extra no trajeto da Linha 2. Já a passarela, vai abrir ao público de segunda a sábado, das 5h à meia-noite. E nos domingos e feriados, das 7h às 23h.

Durante a cerimônia, o prefeito e o governador fizeram uma homenagem ao ex-governador do Rio, Leonel Brizola, inaugurando um busto do político. "Estamos homenageando o Brizola em um momento muito importante para a política. Estamos comemorando a vitória da primeira mulher que vai governar este país", afirmou Paes.

De acordo com a Metrô Rio, a concessionária investiu R$ 80 milhões no projeto e na urbanização do entorno. A estrutura terá seis escadas rolantes (quatro na estação e duas na passarela) e 12 escadas fixas (duas no mezanino da estação e dez de acesso à passarela). O complexo tem seis elevadores para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção e piso podotátil para auxiliar na locomoção de deficientes visuais.

A estação também está preparada para permitir a ligação com a Rodoviária Novo Rio e com a Estação da Leopoldina, futuro terminal do trem de alta velocidade (TAV) que vai ligar o Rio a São Paulo.

Por: Thamine Leta

veja também