MENU

Prefeito de Guarulhos contesta acusações de desvio de dinheiro

Prefeito de Guarulhos contesta acusações de desvio de dinheiro

Atualizado: Quinta-feira, 29 Abril de 2010 as 12

O prefeito de Guarulhos, na Grande São Paulo, contestou a acusação de desvio de dinheiro público para financiar a campanha eleitoral de 2008. As denúncias foram arquivadas por uma comissão de vereadores da cidade na quarta-feira, dia 28. Sebastião de Almeida (PT) disse querer que elas sejam apuradas, mas não pelos vereadores, e, sim, pelo Ministério Público.

"Eu quero que as coisas sejam apuradas, mas com a legitimidade que precisa ter. Infelizmente a Câmara Municipal de Guarulhos não tem condições de fazer a apuração, porque para fazer a apuração de qualquer tipo de denúncia você tem que ter estrutura, precisa ter a seriedade que uma denúncia exige", afirmou o prefeito.

O advogado de Almeida fez uma apresentação contestando as denúncias ponto a ponto e desqualificou os documentos apresentados na acusação, alguns deles cópias simples, sem autenticação.

Ele também exibiu documentos do banco, mostrando que os cartões de movimentação bancária nunca foram desbloqueados e questionou a intenção da denúncia.

"Há interesses políticos ou então aquela velha prática de que a melhor defesa é o ataque. Pode ser que haja alguma irregularidade lá, mas nós vamos apurar criteriosamente através de auditoria", explicou José Roberto Batochio.

A comissão especial da Câmara aprovou por 13 votos a quatro o parecer favorável ao arquivamento das denúncias. O relatório ainda precisa ser apreciado no plenário.

As denúncias foram apresentadas há duas semanas pelo PPS, que é o partido da oposição. O mesmo partido fez, há duas semanas, o pedido de cassação. Foi exibido um vídeo com as denúncias, houve muita confusão e quase virou pancadaria. A luz chegou a ser cortada no plenário e a segurança teve de ser reforçada pela Polícia Militar.

veja também