MENU

Prefeito e primeira-dama de Taubaté são levados para sede da PF

Prefeito e primeira-dama de Taubaté são levados para sede da PF

Atualizado: Terça-feira, 21 Junho de 2011 as 1

O prefeito de Taubaté, Roberto Peixoto (PMDB), e a primeira-dama, Luciana Peixoto, foram levados na manhã desta terça-feira (21) para a sede da Polícia Federal em São José dos Campos, também no interior paulista. Eles foram presos durante a Operação Urupês, da Polícia Federal (PF), que investiga fraudes em licitações no município.

Segundo o SPTV, a defesa do prefeito e da primeira-dama entraram com um pedido de habeas corpus, que foi negado pela Justiça.

Um cordão de isolamento foi feito pela Polícia Militar em frente à casa do prefeito. Além do prefeito e da primeira-dama, o antigo chefe do departamento de compras e licitações Carlos Anderson também foi preso. Segundo a PF, a prisão temporária de cinco dias é necessária para que os três suspeitos não atrapalhem as investigações.     Segundo a PF, a Operação Urupês visa desarticular uma organização criminosa formada por empresários, políticos e funcionários públicos. “O grupo é suspeito de envolvimento na fraude a licitações relativas à compra, gerenciamento e distribuição de medicamentos e merenda escolar no município paulista de Taubaté, valendo-se, inclusive, de empresa registrada em nome de “laranjas””, diz a nota da PF.

As investigações começaram em 2009 para apurar o desvio de recursos repassados pelo governo federal. Participaram da operação 54 policiais federais. Os suspeitos são investigados os crimes de fraude à licitação, formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Foram expedidos 13 mandados de busca e apreensão – dez na região de Taubaté e três na capital paulista - e três mandados de prisão temporária. Todos os mandados foram cumpridos, segundo a PF, que concederá uma entrevista coletiva à imprensa na tarde desta terça-feira.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Taubaté confirmou que uma equipe da Polícia Federal esteve na sede da administração municipal nesta manhã. A assessoria informou que deverá ser concedida uma entrevista coletiva ainda nesta terça-feira para comentar o caso.          

veja também