MENU

Prefeitura de SP envia projeto de lei sobre fretados à Câmara

Prefeitura de SP envia projeto de lei sobre fretados à Câmara

Atualizado: Quinta-feira, 6 Agosto de 2009 as 12

O secretário municipal de Transportes de São Paulo, Alexandre Moraes, informou por meio de sua assessoria de imprensa que entregou o projeto de lei que dispõe sobre a atividade de fretamento ao presidente da Câmara Municipal, Antonio Carlos Rodrigues, por volta das 20 horas desta quarta-feira, 5 de agosto.

Alexandre de Moraes informou, na nota,  que na primeira semana de restrição aos fretados, a medida superou a expectativa de diminuição dos índices de lentidão em 11,5%.

O secretário diz que atendeu sugestões enviadas pelos donos de fretados, mas negou parte deles, que poderiam atrapalhar a meta de agilizar o trânsito.

O Departamento de Transportes Públicos (DTP) criou a possibilidade de solicitação de Autorização Especial de Trânsito via e-mail, para empresas de fora de São Paulo e também para as da capital que tiverem dificuldades para protocolar o pedido no site da prefeitura. Segundo a assessoria, o processo busca agilizar e simplificar os procedimentos para a autorização especial de circulação de fretados.

De acordo com a nota, a prefeitura vai instalar dois abrigos cobertos na Avenida Ricardo Jafet, na Zona Sul, entre as jardineiras na calçada da estação do Metrô, assim como nas proximidades do terminal Barra Funda, na Zona Oeste.

A Prefeitura de SP removeu os pontos de táxi na Avenida Ricardo Jafet na Rua Engº Guilherme Winter, lado par, em frente à estação Imigrantes do Metrô, e na Rua Engº Guilherme Winter, oposto à estação Imigrantes do Metrô.

Haverá a ampliação de pontos de parada na Avenida Ricardo Jafet para atender aos deficientes físicos e será feito rebaixamento de guia junto à vaga preferencial. A nova vaga será implantada onde anteriormente estava o ponto de taxi, na calçada do Metrô.

Os técnicos avaliam os melhores locais para instalação de abrigos na Avenida Dr. Arnaldo e na Rua Oscar Freire.

A Companhia de Engenharia de Tráfego fará um estudo para verificar a necessidade de sua construção de uma passarela de pedestres ligando os dois lados da Avenida Ricardo Jafet, uma vez que já existe a possibilidade de cruzamento pelo Viaduto Saioá.

Prazo  

Venceria nesta quarta, dia 5, o prazo de entrega do projeto, estipulado há dois meses quando a lei de mudança do clima foi aprovada. Na época, ficou decidido que a regulamentação dos fretados seria feita à parte.

As regras que restringem a circulação dos fretados a uma área de 70 km² estão em vigor desde a semana passada e foram determinadas numa portaria. Os motoristas das empresas fizeram protesto nesta quarta-feira em frente à Câmara contra a restrição.

Representantes das empresas se reuniram com vereadores da subcomissão do fretamento. Segundo a subcomissão, a SPTrans e a CET foram convidadas mas ninguém apareceu. O vereador Antonio Goulart disse que vai apresentar um substitutivo à proposta da prefeitura.

veja também