MENU

Prefeitura do Rio cria o Bilhete Único Pré-Pago com créditos

Prefeitura do Rio cria o Bilhete Único Pré-Pago com créditos

Atualizado: Sexta-feira, 16 Setembro de 2011 as 12:45

A Prefeitura do Rio criou o Bilhete Único Pré-Pago, que será vendido com créditos para o transporte público de passageiros nos valores prefixados em R$ 20, R$ 40 e R$ 60. De acordo com a Secretaria municipal de Transportes, o que difere essa nova modalidade é que o Bilhete Único Pré-Pago não terá seguro, dispensa a apresentação do CPF e não é recarregável. Além disso, o novo bilhete aceitará apenas integrações ônibus-ônibus. O decreto que disciplina e amplia o sistema de bilhetagem eletrônica nesse serviço está publicado na edição do Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (16).

A previsão é de que o Bilhete Único Pré-Pago comece a ser comercializado em outubro nos postos de compra e recarga do RioCard e na rede credenciada (agências bancárias do Itaú). E a ideia é que ele seja utilizado pelo público flutuante formado por visitantes do Rio.

"Estamos buscando simplificar o processo de aquisição do Bilhete Único Carioca, para aumentar o acesso da população aos benefícios trazidos pela integração tarifária. Sem a exigência de CPF ou de um cadastro, como ocorre com o Bilhete Único original, acreditamos que iremos alcançar mais rápido a meta de 500 mil viagens integradas por dia", explica o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão. 

Atualmente, segundo a secretaria, 350 mil viagens diárias são feitas de forma integrada com o Bilhete Único Carioca no município.

O decreto publicado nesta sexta determina que o valor residual da carga que não completar um tarifa modal (R$ 2,50) valerá como uma passagem, "mediante a entrega do cartão no momento da viagem, não integrando, porém, com a segunda viagem do Bilhete Único". Já no caso do ônibus com o valor mais alto do que a tarifa de R$ 2,50 será necessária a complementação em dinheiro.

O prazo máximo de duas horas para a utilização do Bilhete Único Carioca estabelecido pelo decreto corresponde ao intervalo de tempo compreendido entre a passagem pelo primeiro e o segundo validadores do modal.

De acordo com a Secretaria municipal de Transportes, serão seis os cartões eletrônicos em vigor no Rio com a chegada da nova modalidade pré-paga: Vale-Transporte; Gratuidade; Bilhete Único; Bilhete Único Universitário ProUni/Cotista e Cartão Expresso Rio Card e o Cartão de Bilhete Único Pré-Pago.        

veja também