Prefeitura estuda implantar faixa exclusiva para motos na Marginal Tietê

Prefeitura estuda implantar faixa exclusiva para motos na Marginal Tietê

Atualizado: Quinta-feira, 24 Setembro de 2009 as 12

Após tentar, sem êxito, proibir o tráfego de motocicletas na pista expressa da Marginal do Tietê, em 2008, a Prefeitura de São Paulo pretende instalar uma faixa exclusiva para motos na via mais movimentada da cidade.

Segundo o secretário municipal de Transportes, Alexandre de Moraes, a medida está sendo estudada em parceria com a empresa Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa), responsável pela obra de ampliação da Marginal.

"Já estamos verificando o traçado, aproveitando a ampliação que o governador José Serra [PSDB] está fazendo, para evitar o número muito grande de acidentes", disse o secretário na quarta-feira, dia 23. Procurada, a Dersa não respondeu se estuda a possibilidade. As obras da terceira pista devem ser concluídas em outubro de 2010.

Independentemente de a proposta ser aceita ou não, a faixa da Marginal não deve ser a primeira a sair do papel. Antes disso, a administração do prefeito Gilberto Kassab (DEM) pretende instalar uma motofaixa alternativa à Avenida 23 de Maio, entre o antigo prédio do Detran, no Ibirapuera, e a Praça João Mendes, no centro, passando pelas Ruas Sena Madureira e Vergueiro.

A ideia é que, com essa medida, seja possível proibir gradativamente as motos nessa avenida. O projeto executivo está em fase final, mas Moraes não informou quando devem ser iniciadas as obras. No plano de metas da atual gestão, enviado à Câmara, há a previsão de criação de oito faixas para motos.

A motofaixa na Marginal do Tietê é uma reivindicação antiga dos motoboys. "Essa é uma das vias mais importantes, o acesso e o fluxo de motos é muito grande", diz o presidente do sindicato dos motofretistas, Gilberto dos Santos. Ele critica, porém, a falta de regulamentação da categoria por parte da Prefeitura. "Isso é ainda mais prioritário e não sai do papel", diz.

veja também