MENU

Prefeitura volta atrás na proibição de caminhões na Dutra entre 5h e 10h

Prefeitura volta atrás na proibição de caminhões na Dutra entre 5h e 10h

Atualizado: Quarta-feira, 17 Junho de 2009 as 12

O prefeito de Nova Iguaçu (RJ), Lindberg Farias, revogará amanhã, 18 de junho, o Decreto 8.349, de 18 de maio de 2009, que determina que a partir do dia 19 de junho caminhões ficam proibidos de circular na Rodovia Presidente Dutra no sentido Rio, no trecho da cidade, entre 5h e 10h.

O prefeito voltou atrás na decisão, nessa terça-feira, dia 16, após reunião em Brasília com o superintendente de Exploração de Infraestrutura da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Mondolfo, e com o presidente da Nova Dutra, Maurício Soares Negrão, que se comprometeram a investir na ampliação da rodovia em curto prazo.

De acordo com Lindberg, entre as medidas acordadas estão a criação de uma terceira faixa no sentido Rio, na altura de São João de Meriti, a abertura de uma terceira via margeando a Dutra entre a fábrica da Granfino, no bairro Califórnia, em Nova Iguaçu, e o bairro Jacutinga, na divisa com Belford Roxo, e a reabertura da antiga saída de Nova Iguaçu para a Via Dutra, logo após o viaduto do Posto 13, na pista sentido Rio da rodovia.

Outro compromisso da ANTT e da Nova Dutra foi o de concluir as obras da marginal Sul na pista sentido São Paulo, entre São João de Meriti e Belford Roxo, até o dia 20 de novembro e as obras de alargamento do viaduto do Posto 13, na altura do bairro da Prata, em Nova Iguaçu, no início de novembro.

O decreto com a proibição, publicado no Diário Oficial de Nova Iguaçu em 19 de maio, foi uma tentativa da prefeitura de solucionar a questão da poluição e do trânsito naquele trecho da Dutra, que chega a alcançar oito quilômetros de extensão na parte da manhã, nos dias úteis. Na época, Lindberg admitiu que a ideia era justamente pressionar a concessionária da via e o governo a providenciarem melhorias urgentes na estrada.

veja também