Premiê da Turquia pede a renúncia do presidente da Síria pós repressão

Premiê da Turquia pede a renúncia do presidente da Síria pós repressão

Atualizado: Terça-feira, 22 Novembro de 2011 as 9:43

O primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, pediu nesta terça-feira (22) ao presidente da Síria , Bashar al Assad, que deixe o poder para evitar um derramamento de sangue maior no país.

"Pelo bem de seu povo, de seu país e de sua região, deixe já o poder", declarou Erdogan a deputados do partido AKP.

O regime de Assad reprime violentamente, há mais de oito meses, protestos pela democracia. Mais de 3.500 pessoas morreram nos confrontos, segundo a ONU.

Assad assinou com a Liga Árabe um compromisso de recolher as tropas, mas, segundo o próprio órgão diplomático, não o cumpriu, o que levou à suspensão da Síria.      

veja também