MENU

Presa aquiteta suspeita de ligação em morte no ministro

Presa aquiteta suspeita de ligação em morte no ministro

Atualizado: Quinta-feira, 27 Janeiro de 2011 as 2:48

A arquiteta Adriana Vilela, suspeita de participar da morte do seu pai, o ex-ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), José Vilela, da mulher dele e da empregada do casal, foi presa na tarde desta quinta-feira (27) em seu apartamento, no bairro do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. A prisão foi feita por policiais civis do Distrito Federal, que tiveram o apoio de agentes da Divisão de Capturas Polinter do Rio.

Após ser presa, Adriana se manteve calada durante o percurso até o IML (Instituto Médico Legal) onde fez exame de corpo de delito. A arquiteta será levada ainda nesta tarde para Brasília.

veja também