Presidente do PSDB diz que sorriso de Dilma não convence

Presidente do PSDB diz que sorriso de Dilma não convence

Atualizado: Sexta-feira, 9 Abril de 2010 as 12

Coordenador da campanha tucana à sucessão presidencial, o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), endureceu as críticas nesta quinta-feira à pré-candidata do PT, Dilma Rousseff. Segundo Guerra, Dilma tem adotado um procedimento "destemperado", "não gosta de falar a verdade" e sorri "não pelo coração, mas pela campanha".

Guerra afirmou que a ex-ministra da Casa Civil protagoniza atitudes que não convencem como a visita nesta semana ao túmulo do ex-presidente Tancredo Neves, em Minas Gerais. "São atitudes que não são convincentes. Toda vez que ela fica sorridente, a gente tem a impressão que aquela capacidade de sorrir não vem do coração vem da campanha".

O presidente do PSDB demonstrou incomodo com o fato de o PT ter fechado com seis centrais sindicais um grande evento para a Dilma, em São Bernardo do Campo, no próximo sábado, quando será lançada a pré-campanha de José Serra (PSDB), em Brasília.

Guerra disse, no entanto, que a movimentação petista não vai ofuscar a festa que preparam para o ex-governador.

"A gente não vai fazer nosso evento com os eleitores do Lula. Não enfraquece. Nós fizemos nossa movimentação e a Dilma tem feito uma campanha forte. No mês passado, eles fizeram uma pré-convenção e não criamos de rivalização com essa pré-convenção, não fizemos nenhum evento para que prestassem atenção em uma iniciativa nossa. De repente, não mais que de repente surge uma série de eventos para enfraquecer o nosso. Eles não diziam: deixem o Lula trabalhar? Então, deixa a gente trabalhar", afirmou.

Guerra criticou o currículo da petista que nunca disputou uma eleição. "Dilma Rousseff tem uma vida com notável falta de experiência e, além disso, tudo tem um procedimento agressivo, meio destemperado, que não gosta de falar a verdade e a população não gosta disso. Não se pode dirigir o Brasil desse jeito.

Por: Márcio Falcão

veja também