Presidente Prudente vai multar quem tiver focos do mosquito da dengue em casa

Presidente Prudente vai multar quem tiver focos do mosquito da dengue em casa

Atualizado: Quarta-feira, 25 Novembro de 2009 as 12

A Prefeitura de Presidente Prudente, a 558 km de São Paulo, vai multar as pessoas que tiverem focos de mosquitos em casa. A cidade é a que tem o maior risco de um surto de dengue no estado.

A fiscalização será iniciada em dezembro, e o valor da multa é de R$ 193,72. A cidade tem atualmente seis casos de dengue confirmados.

Os focos do mosquito aedes aegypti são concentrados principalmente em bairros nobres do município. Das dez cidades brasileiras com risco de surto, Presidente Prudente ocupa o primeiro lugar no estado de São Paulo.

Na terça-feira (24), autoridades de saúde se reuniram para anunciar metas de combate à doença. ?A primeira abordagem é de notificação, e na segunda abordagem, se for encontrado o aedes novamente, vai ser autuado imediatamente?, explicou o secretário da Saúde da cidade, Sérgio Cordeiro.

Em quase 5% das casas pesquisadas, foram encontradas larvas do mosquito da dengue. Isso significa que ainda este ano a cidade pode enfrentar uma epidemia da doença.

''Na região nós já estamos tendo casos positivos. Esse mosquito contaminado pode picar outras pessoas e a partir de um caso, dois, você pode ter uma epidemia no município'', explicou Vânia Mara Alves, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Barretos, a 423 km de São Paulo, com um índice de infestação de 4,2%, também corre risco de um surto. Em terceiro lugar no estado está Bauru, km da capital paulista, é a terceira da lista, com índice de 3,4%.

veja também