MENU

Presídio de Cuiabá que passou por motim tem reforço de 25 agentes

Presídio de Cuiabá que passou por motim tem reforço de 25 agentes

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 2:14

Do G1 MT

imprimir

Depois do motim, uma revista minuciosa foi feita na

unidade. Celulares e armas artesanais foram

apreendidas. (Foto: Reprodução / TVCA)

  Vinte e cinco agentes do Serviço de Operações Especiais da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (Sejudh) foram designados para reforçar a segurança na Penitenciária Central do Estado, o antigo presídio Pascoal Ramos, em Cuiabá. A medida visa reduzir o número de conflitos internos na unidade prisional.

Entre as medidas emergenciais, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Lessa, também anunciou a troca do secretário-adjunto de Administração Penitenciária da pasta. A partir desta terça-feira (28), o coronel José Antônio Gomes Chaves será substituído pelo coronel Clarindo Alves de Castro, que ocupava o cargo de coordenador de Planejamento Operacional e Estatístico da Polícia Militar. Os outros integrantes da nova diretoria da unidade devem ser anunciados ainda nesta semana.     De acordo com Lessa, a secretaria tem mobilizado todos os órgãos envolvidos na tentativa de solucionar os problemas da Penitenciária Central. Além das medidas emergenciais, a intenção, segundo ele, é resolver a situação a médio e longo prazo. “Estamos estudando medidas emergenciais e a médio e longo prazo também para resolver os gargalos”, frisou.

Outra medida é a inclusão de duas horas diárias de capacitação para os novos agentes prisionais que ingressaram recentemente no sistema por meio de concurso público. Uma primeira etapa do curso já foi realizada anteriormente, com aulas práticas e teóricas. O curso só não foi concluído para algumas turmas, em função do término do prazo dos contratos temporários, até 31 de maio deste ano, de agentes. A redução de contratos temporários foi uma exigência estabelecida por um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pela secretaria e o Ministério Público Estadual (MPE).          

veja também